Pular para o conteúdo principal

Salário Mínimo: China Lee pede desculpas após declaração

Imagem 
Muitos artistas comentaram em suas redes sociais sobre o resultado das eleições de 2014. Entre outros, China Lee, vocalista da banda SALÁRIO MÍNIMO, postou declarações desastradas sobre quem seriam os culpados pela eleição de Dilma Roussef e como o país deveria tratar os que a elegeram. Horas depois o vocalista excluiu seus posts e fez o pedido de desculpas abaixo.

"Pessoal, venho aqui ME RETRATAR e PEDIR PERDÃO a todas as pessoas que se sentiram ofendidas com uma declaração feita por mim de cabeça quente e forma infeliz. Fiz uma declaração mal formulada que resultou em uma série de más interpretações.
Sempre fui bem quisto e respeitado em todas as partes deste País, jamais teria a intenção de ofender alguém por qualquer que fosse sua ideologia, credo, cor, classe social.
Perdi a cabeça em um momento de decepção política e indignado escrevi algo que não condiz com o que sempre preguei ao longo da minha carreira. A música é uma arte que, além de tudo, une as pessoas e jamais em sã consciência iria contra ao que mais amo na vida.
Quem me conhece sabe da minha índole, que eu faço questão de tratar bem todo mundo, que sempre fui atencioso, educado e gentil com quem quer que seja, fã ou não da banda Salário Mínimo... são princípios que eu faço questão de praticar, todos os dias.
Venho aqui com toda a humildade reconhecer o meu erro e novamente pedir desculpas, a todas as pessoas que se sentiram ofendidas, incluindo os fãs da banda, que considero de fato parte da minha família. A banda Salário Mínimo nada tem a ver com o que fiz, foi um equívoco que cometi de forma pessoal e que jamais voltarei a cometer.
Espero que vocês me deêm a oportunidade de reparar este erro.
Sinceramente,
China Lee"

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grave Digger: Banda Gueppardo convidada para abertura em Porto Alegre

A banda Gueppardo foi anunciada como uma das atrações de abertura para o show de Porto Alegre da nova turnê mundial do lendário grupo alemão, Grave Digger. Os shows acontecem no dia 29 de março, no teatro do CIEE (D. Pedro II, 861).

Grave Digger é considerada, ao lado de Rage e Running Wild, uma das maiores bandas de Heavy Metal surgidas na Alemanha, e uma das mais importantes do mundo. Com mais de 35 anos na estrada e 18 álbuns de estúdio lançados, essa é a décima passagem dos alemães pelo Brasil, que promovem o seu novo disco, “Healedby Metal”, lançado em janeiro de 2017.

Gueppardo é uma banda de Hard n’ Heavy de Porto Alegre (RS), formada em 2007. Possui no currículo shows em todo Brasil e também na Argentina, ao lado de nomes de peso, como Steve Grimmett's Grim Reaper e Blaze Bayley (Iron Maiden). Lançou em 2015, o álbum “Fronteira Final”, considerado como um dos melhores lançamentos do estilo no ano. Recentemente a banda disponibilizou em seu canal no youtube, o videoclipe ofi…

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave Mustaine

Guns N’ Roses: Surge primeira foto de W. Axl Rose em 18 meses

Agora já com uma volta de parte do núcleo que fez do GUNS N’ ROSES a maior banda do mundo no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 99,999% confirmada, podemos afirmar com a mesma proporção de certeza QUE:

1 – O grupo será SIM headliner do Coachella em abril próximo;

2 – A banda fará uma apresentação ao vivo no programa televisivo JIMMY KIMMEL LIVE! no mesmo dia em que as atrações do Coachella serão afirmadas – 6 de janeiro, uma quarta-feira;

3 – Mesmo com Duff e Slash a bordo, a banda – que também terá DIZZY REED, RICHARD FORTUS e FRANK FERRER – tocará “2 ou 3 faixas” do álbum de 2008 da marca, “Chinese Democracy”;

4 – Existe SIM um esforço do empresário Doc McGhee para que o SKID ROW – agora sem vocalista – reúna sua formação clássica com o vocalista SEBASTIAN BACH para abrir os 25 shows da turnê estadunidense que começa
em maio. Seria um modo de a banda celebrar os 25 anos de seu maior sucesso de crítica e público, “Slave To The Grind”

5 – Prepare-se para comprar uma caça…