Pular para o conteúdo principal

Take it Izzy!

Há 20 anos, Izzy Stradlin decidia picar a mula do Guns N’ Roses. O mais interessante é ver as especulações que rolavam em uma época sem comunicação tão precisa como atualmente. Como seria se as coisas tivessem acontecido exatamente como era especulado aqui?


IZZY DEIXA O GUNS

Duff McKagan e Matt Sorum podem ser os próximos
Guitarrista do Jane´s Addiction pode ser o substituto

O guitarrista Izzy Stradlin não pertence mais aos Guns N´Roses. Parece que Izzy não estaria com o menor saco de passar os próximos dois anos entre hotéis, aviões e palcos promovendo Use Your Illusion.

Mesmo que ficasse, Izzy trabalharia só no estúdio e não subiria mais no palco com o GN´R. Neste caso a banda colocaria David Navarro (ex-Jane´s Addiction) paro tocar ao vivo, mas só como "acompanhante convidado", ganhando cachês por show.

O pessoal ligado ao GN´R não confirma nem desmente. Mas existem outros indícios. Desde o início do excursão Get In The Ring Motherfucker, Izzy viaja e se hospeda separado da banda. Depois não compareceu às filmagens do trecho final do clip de "You Could Be Mine". Na hora de filmar "Don´t Cry", ele nem sequer apareceu. Aguarde desdobramentos.

O pior é que tanto o baixista Duff McKagan - no momento gravando um disco solo - quanto o baterista Matt Sorum estariam bastante insatisfeitos na banda.

Esses problemas acontecem no momento de maior sucesso da banda. Use Your Illusion I e II chutaram a cara dos recordes. Desde o lançamento, do último Michael Jackson, Bad, não se via nos EUA tanta histeria e ansiedade com um lançamento. Mais de mil lojas abriram as portas à meia-noite e um para começar o vender o disco. Às duas da manhã, o número de cópias vendidas já passava das quinhentas mil. A prensagem inicial foi de 4,2 milhões e acabou em menos de um mês.

Use Your Illusion II e o I entraram, respectivamente, direto no primeiro e segundo lugares da parada americana. Nenhuma banda jamais conseguiu isso.

Revista Bizz número 76, novembro de 1991
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grave Digger: Banda Gueppardo convidada para abertura em Porto Alegre

A banda Gueppardo foi anunciada como uma das atrações de abertura para o show de Porto Alegre da nova turnê mundial do lendário grupo alemão, Grave Digger. Os shows acontecem no dia 29 de março, no teatro do CIEE (D. Pedro II, 861).

Grave Digger é considerada, ao lado de Rage e Running Wild, uma das maiores bandas de Heavy Metal surgidas na Alemanha, e uma das mais importantes do mundo. Com mais de 35 anos na estrada e 18 álbuns de estúdio lançados, essa é a décima passagem dos alemães pelo Brasil, que promovem o seu novo disco, “Healedby Metal”, lançado em janeiro de 2017.

Gueppardo é uma banda de Hard n’ Heavy de Porto Alegre (RS), formada em 2007. Possui no currículo shows em todo Brasil e também na Argentina, ao lado de nomes de peso, como Steve Grimmett's Grim Reaper e Blaze Bayley (Iron Maiden). Lançou em 2015, o álbum “Fronteira Final”, considerado como um dos melhores lançamentos do estilo no ano. Recentemente a banda disponibilizou em seu canal no youtube, o videoclipe ofi…

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave Mustaine

Músico do Ghost comenta homenagem a amigo suicida

“He Is”, faixa do álbum Meliora, do Ghost, é uma homenagem a Selim Lemouchi, líder da banda holandesa The Devil’s Blood. Ele cometeu suicídio em março de 2014, aos 33 anos. “Vivíamos longe, mas sempre que nos encontrávamos era uma diversão. Essa música já existia em demos, mas nunca tínhamos acertado o aspecto lírico. Após a morte de Selim, tudo se acertou. Ela fala sobre a fé em um grande além”, disse um dos músicos da banda ao Loudwire.