Pular para o conteúdo principal

Scott Ian e os "ladrões"


Em entrevista ao Broward Palm Beach New Times, Scott Ian voltou a atacar quem faz downloads ilegais de álbuns na internet.

Worship Music, seu novo álbum, entrou nas paradas no número 12. É a melhor marca do Anthrax em 20 anos. Em uma época onde muitos lutam para vender discos, porque você acha que ele está indo tão bem?

Primeiro, vamos colocar as coisas em perspectiva. Conseguimos muito mais do que eu imaginava em 2011. Estamos em uma época que as pessoas não compram, mas roubam álbuns. O fato de termos vendido 30 mil cópias na primeira semana e entrado no número 12 é incrível. Há dez anos, provavelmente venderíamos 250 mil e estaríamos na mesma posição. Em 1993, Sound Of White Noise estreou no número 7, com 110 mil cópias. Se colocarmos sob essa perspectiva, é horrível que 30 mil seja considerado um grande sucesso. Quantas pessoas roubaram o disco e impediram que vendêssemos uns 150 mil?

Você acha que muitos fãs roubaram o disco...

Acho não, eu sei que roubaram. É como a coisa funciona hoje em dia. As pessoas podem ter acesso aos discos de graça, seja um fã ou apenas um ouvinte casual que apenas quer conferir. Não se trata apenas de conhecer música nova. Agora você pode roubar, pois a internet possibilita isso. Muitos pensam que é assim e nem se dão conta do que estão fazendo. Antes, o único modo de roubar música era entrando em uma loja e fazendo isso fisicamente. Se você fosse pego, se meteria em problemas. Na internet, não há conseqüências para o download ilegal. E enquanto não tiver, vai acontecer cada vez mais e haverá menos conteúdo para a indústria.

Você costuma discutir isso no Twitter com algumas pessoas...

Não há discussão. Você está roubando! É roubo, simplesmente. Custa caro graver discos. Se você toma posse sem pagar, é roubo. Não existe isso de conferir e se gostar comprar. Todo mundo diz isso, o que é uma bobagem. Outra coias é quando dizem que não tem como conseguir discos onde moram. Eu vendi álbuns nos anos 1980 e 90 e ninguém tinha problema com isso. A indústria entrou em colapso porque as pessoas roubam e fim de papo.

Qual você acha que deveria ser a conseqüência para quem baixa os discos?

Perder a internet. Se você dirige bêbado, perde a carteira. Se fizer download ilegal, perde a internet. A punição é adequada ao crime. Acredite, se eu pudesse, faria algo a respeito.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grave Digger: Banda Gueppardo convidada para abertura em Porto Alegre

A banda Gueppardo foi anunciada como uma das atrações de abertura para o show de Porto Alegre da nova turnê mundial do lendário grupo alemão, Grave Digger. Os shows acontecem no dia 29 de março, no teatro do CIEE (D. Pedro II, 861).

Grave Digger é considerada, ao lado de Rage e Running Wild, uma das maiores bandas de Heavy Metal surgidas na Alemanha, e uma das mais importantes do mundo. Com mais de 35 anos na estrada e 18 álbuns de estúdio lançados, essa é a décima passagem dos alemães pelo Brasil, que promovem o seu novo disco, “Healedby Metal”, lançado em janeiro de 2017.

Gueppardo é uma banda de Hard n’ Heavy de Porto Alegre (RS), formada em 2007. Possui no currículo shows em todo Brasil e também na Argentina, ao lado de nomes de peso, como Steve Grimmett's Grim Reaper e Blaze Bayley (Iron Maiden). Lançou em 2015, o álbum “Fronteira Final”, considerado como um dos melhores lançamentos do estilo no ano. Recentemente a banda disponibilizou em seu canal no youtube, o videoclipe ofi…

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave Mustaine

Guns N’ Roses: Surge primeira foto de W. Axl Rose em 18 meses

Agora já com uma volta de parte do núcleo que fez do GUNS N’ ROSES a maior banda do mundo no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 99,999% confirmada, podemos afirmar com a mesma proporção de certeza QUE:

1 – O grupo será SIM headliner do Coachella em abril próximo;

2 – A banda fará uma apresentação ao vivo no programa televisivo JIMMY KIMMEL LIVE! no mesmo dia em que as atrações do Coachella serão afirmadas – 6 de janeiro, uma quarta-feira;

3 – Mesmo com Duff e Slash a bordo, a banda – que também terá DIZZY REED, RICHARD FORTUS e FRANK FERRER – tocará “2 ou 3 faixas” do álbum de 2008 da marca, “Chinese Democracy”;

4 – Existe SIM um esforço do empresário Doc McGhee para que o SKID ROW – agora sem vocalista – reúna sua formação clássica com o vocalista SEBASTIAN BACH para abrir os 25 shows da turnê estadunidense que começa
em maio. Seria um modo de a banda celebrar os 25 anos de seu maior sucesso de crítica e público, “Slave To The Grind”

5 – Prepare-se para comprar uma caça…