Pular para o conteúdo principal

Clive Burr: uma retrospectiva em imagens


Clive Burr Iron Maiden

Não poderíamos deixar de prestar um tributo a Clive Burr, baterista notável por ter tocado nos três primeiros discos do Iron Maiden. Burr, que faleceu nessa madrugada, aos 56 anos, estava debilitado por conta da esclerose múltipla. Sua carreira foi extensa, englobando vários projetos, até que não pôde mais exercer o ofício de baterista.
Clive Burr Iron Maiden 1980
Clive Burr fez parte do Samson no fim da década de 1970, até deixar a banda para integrar o Iron Maiden. Acima, a formação que gravou o primeiro álbum do grupo.
Clive Burr Iron Maiden backstage 1980
Burr descansando no camarim de um show do Iron Maiden, em 1980. Nessa época, a banda vivia uma notável ascensão em território britânico.
Clive Burr Iron Maiden 1981
Membros do Iron Maiden confraternizando com amigos, em 1981.
Clive Burr Iron Maiden 1982
A fama do Iron Maiden só ganharia grandes proporções em 1982. Já com Adrian Smith nas guitarras desde 1981, a banda também teve uma troca de vocalistas: saiu Paul Di’Anno e entrou Bruce Dickinson. A line-up gravou um dos discos mais aclamados do Heavy Metal: The Number Of The Beast.
Clive Burr Maiden 1982
Burr em 1982. O baterista não foi páreo para as turnês extensas e deixou o Iron Maiden, principalmente, por conta disso.
Clive Burr Trust 1983
No ano seguinte, Clive entrou para o Trust – banda que seu substituto no Maiden, Nicko McBrain, integrava anteriormente. A partir daí, sua presença em bandas passou a ser breve. Nessa mesma época, ele rapidamente esteve com o Alcatrazz.
Clive Burr Stratus Escape 1984
Em 1984, ele iniciou um projeto chamado Clive Burr’s Escape, que logo foi renomeado para Stratus. A banda gravou apenas um disco, Throwing Shapes, e se desmanchou. Posteriormente, em 1985, ele integrou o Gogmagog, com Paul Di’Anno e Janick Gers – respectivamente, ex-vocalista e futuro guitarrista do Iron Maiden. A formação registrou apenas um EP, I Will Be There, e também se separou.
deedesperado

Clive Burr com o Desperado, banda que montou com Dee Snider (Twisted Sister), em 1988. O grupo registrou um disco, Bloodied But Unbowed, que foi engavetado por não ter agradado a gravadora na época, a Elektra. As gravações só viram a luz do dia em 1996.
Clive Burr Elixir 1990
Em 1990, ele tocou o Elixir, mas não chegou a ser um integrante fixo. Registrou apenas um álbum com o grupo, Lethal Potion.
Clive Burr Praying Mantis 1996

Também não se tornando um membro fixo, Clive Burr tocou com o Praying Mantis – banda que contava com seu ex-companheiro de Maiden, Dennis Stratton. Marcou presença no álbum ao vivo Captured Alive In Tokyo City e algumas demos suas podem ser encontradas em Demorabilia.
clive8big

Diagnosticado com esclerose múltipla, a debilitação de Clive, principalmente entre o fim da década de 1990 e o início dos anos 2000, foi notável.
Clive Burr Iron Maiden concert

No palco com o Iron Maiden, em 2005. A banda criou um fundo chamado “The Clive Burr MS Trust Fund”, que arrecada dinheiro através de doações, leilões, merchandising e shows beneficentes – como este da imagem.
clive2


Clive Burr (centro) em abril de 2012, com Dave Lights (esquerda) e Dennis Stratton (direita). Lights foi um dos primeiros a utilizar a fantasia de Eddie nos shows da banda, enquanto Stratton tocou com Burr no Iron Maiden e no Praying Mantis. Provavelmente a imagem mais recente do baterista, que faleceu nesta madrugada, aos 56 anos, enquanto dormia.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grave Digger: Banda Gueppardo convidada para abertura em Porto Alegre

A banda Gueppardo foi anunciada como uma das atrações de abertura para o show de Porto Alegre da nova turnê mundial do lendário grupo alemão, Grave Digger. Os shows acontecem no dia 29 de março, no teatro do CIEE (D. Pedro II, 861).

Grave Digger é considerada, ao lado de Rage e Running Wild, uma das maiores bandas de Heavy Metal surgidas na Alemanha, e uma das mais importantes do mundo. Com mais de 35 anos na estrada e 18 álbuns de estúdio lançados, essa é a décima passagem dos alemães pelo Brasil, que promovem o seu novo disco, “Healedby Metal”, lançado em janeiro de 2017.

Gueppardo é uma banda de Hard n’ Heavy de Porto Alegre (RS), formada em 2007. Possui no currículo shows em todo Brasil e também na Argentina, ao lado de nomes de peso, como Steve Grimmett's Grim Reaper e Blaze Bayley (Iron Maiden). Lançou em 2015, o álbum “Fronteira Final”, considerado como um dos melhores lançamentos do estilo no ano. Recentemente a banda disponibilizou em seu canal no youtube, o videoclipe ofi…

Guns N’ Roses: Surge primeira foto de W. Axl Rose em 18 meses

Agora já com uma volta de parte do núcleo que fez do GUNS N’ ROSES a maior banda do mundo no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 99,999% confirmada, podemos afirmar com a mesma proporção de certeza QUE:

1 – O grupo será SIM headliner do Coachella em abril próximo;

2 – A banda fará uma apresentação ao vivo no programa televisivo JIMMY KIMMEL LIVE! no mesmo dia em que as atrações do Coachella serão afirmadas – 6 de janeiro, uma quarta-feira;

3 – Mesmo com Duff e Slash a bordo, a banda – que também terá DIZZY REED, RICHARD FORTUS e FRANK FERRER – tocará “2 ou 3 faixas” do álbum de 2008 da marca, “Chinese Democracy”;

4 – Existe SIM um esforço do empresário Doc McGhee para que o SKID ROW – agora sem vocalista – reúna sua formação clássica com o vocalista SEBASTIAN BACH para abrir os 25 shows da turnê estadunidense que começa
em maio. Seria um modo de a banda celebrar os 25 anos de seu maior sucesso de crítica e público, “Slave To The Grind”

5 – Prepare-se para comprar uma caça…

Ratos de Porão: 'Crucificados Pelo Sistema' tem relançamento especial

O álbum de estreia do Ratos de Porão, Crucificados pelo Sistema, lançado originalmente em 1984, tem o relançamento previsto para Março deste ano nos formatos LP e CD.

A Hearts Bleed Blue (HBB), ao lado das gravadoras Läjä Records e Bruaki!, será responsável pela nova edição do clássico que, com a capa na cor preta, tem versão especial em vinil 180 gramas. O LP ainda vem acompanhado de um EP 7 polegadas inédito, com seis músicas, gravado ao vivo em 1983 no Napalm, lendária casa de show de São Paulo.

Já é possível encontrar o relançamento de Crucificados pelo Sistema em pré-venda, nos dois formatos, através do site da HBB Store. Na loja da gravadora também está à venda o documentário "30 Anos Crucificados Pelo Sistema", que conta a história da gravação do álbum de estreia do Ratos de Porão.