Pular para o conteúdo principal

Grandes documentários para entender o Rock - Anos 50 e 60

Especial sobre a história do rock com listas de documentários que vão te ajudar a entender melhor como tudo começou, o caminho que percorreu e onde chegamos com esse tal de rock and roll.
A primeira lista é sobre os anos 50 e 60, período em que surge o rock, um dos estilos derivados do blues, peça chave na compreensão do estilo.




HE BLUES – SÉRIE DE MARTIN SCORSESE

 

 

Surgido dos cantos religiosos africanos, o blues só ganhou esse nome nos Estados Unidos, quando definiu-se como um estilo musical no final do século XIX. Por mais que hoje seja, de certa forma,”elitizado”, o blues até meados dos nos 50 e 60 era marginalizado por ser música negra, muito por conta da segregação racial americana ainda muito forte. Foi nos anos 50 que dele começaram a surgir os primeiros passos do rock ‘n roll e de tantos outros estilos.
The Blues é uma série de documentários iniciada pelo icônico diretor Martin Scorsese. São oito filmes impressionistas, dirigidos por alguns dos maiores cineastas do mundo: além de Scorsese tem Clint Eastwood, Mike Figgis, Charles Burnett, Marc Levin, Richard Pearce e Win Wenders. Nessa grande viagem pelo blues, os filmes incluem interpretações especiais, contextualizando o espectador desde o início até a sua influência global e na música como um todo. Alguns dos filmes podem ser encontrados legendados no YouTube.
Os filmes produzidos foram:
The Blues – Feel Like Going Home (De Regresso A Casa) – Martin Scorsese
A Soul of a Man (A Alma de Um Homem) – Wim Wenders
Road To Memphis (A Caminho de Menphis) – Richard Pearce
Warming by the Devil’s Fire (Aquecido Pelo Fogo do Diabo) – Charles Burnett
Godfathers and Sons (Padrinhos e Filhos) – Marc Levin
Red, White & Blues – Mike Figgis
Piano Blues – Clint Eastwood
Lightning in a Bottle – Um Tributo ao Blues – Direção conjunta

CHUCK BERRY – O MITO DO ROCK

 

 

Apesar de não podermos dizer com precisão quem foi o criador do rock, Chuck Berry é um dos pioneiros do estilo com o rockabilly ao lado de nomes como Bill Haley, Little Richard, Jerry Lee Lewis, Gene Vincent. Mesmo sendo considerados os pioneiros, o mensageiro do rock´n´roll foi Elvis Presley, um branco com gingado, algo que a indústria cultural da época achou mais “aceitável” para o mundo. Deu-se a explosão do rock com Elvis e não se pode tirar esse mérito dele, é claro.
Em Chuck Berry – O Mito do Rock, o diretor Taylor Hackford mostra um pouco dessa lenda com direito a entrevista com o próprio, além de ilustres convidados como Diddley, Little Richard, Roy Orbison, The Everly Brothers, Eric Clapton, Linda Ronstadt, Keith Richards e Bruce Springsteen. O documentário celebra o 60º aniversário do músico desde um de seus maiores concertos, realizado no Fox Theatre, em St. Louis, no estado do Missouri, além de discutir a vida e a carreira de Berry,

THIS IS ELVIS

Dentre os inúmeros filmes feitos sobre Elvis Presley, This is Elvis é o mais famoso e completo deles. A direção conjunta de Andrew Solt e Malcolm Leo fez bonito ao registrar momentos da vida do Rei do Rock. O documentário mescla videoclipes do astro, noticiários, cenas de alguns de seus filmes e trechos de suas aparições na TV norte-americana.
É considerado o primeiro e definitivo documentário sobre a vida e carreira de Elvis, sendo elogiado por fãs e também pela crítica. Uma mescla de cenas de estúdio e de arquivo que, além disso, apresenta entrevistas e depoimentos de pessoas que conviveram com o cantor. Há quem diga que Elvis ainda não tem um documentário mais oficial, que mostre todas as suas facetas.
Quem quiser ir mais a fundo na vida de Elvis pode ir atrás de alguns outros títulos interessantes como Elvis on Tour, Elvis, Elvis: That’s the Way It Is e He Touched Me – The Gospel Music of Elvis Presley.

THE BEATLES ANTHOLOGY

 

The Beatles Anthology é uma série produzida pela Apple Corps e Televisão Granada em 1995 e exibida nos EUA pela rede ABC no mesmo ano. Os então integrantes vivos dos Beatles, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, se reuniram a partir de 1994 para gravar entrevistas que foram juntadas a velhas entrevistas de John Lennon (morto em 1980), onde eles contam a história do grupo.
Várias imagens inéditas dos Beatles foram adicionadas ao documentário para ilustrar a história. A série foi lançada em DVD com cinco discos e é considerado o registro mais completo sobre os Beatles, conta desde o início da banda nos anos 1950, passando pela Beatlemania, os anos em que viveram a contra-cultura mais intensamente, até o fim.

 


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Guns N’ Roses: Surge primeira foto de W. Axl Rose em 18 meses

Agora já com uma volta de parte do núcleo que fez do GUNS N’ ROSES a maior banda do mundo no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 99,999% confirmada, podemos afirmar com a mesma proporção de certeza QUE:

1 – O grupo será SIM headliner do Coachella em abril próximo;

2 – A banda fará uma apresentação ao vivo no programa televisivo JIMMY KIMMEL LIVE! no mesmo dia em que as atrações do Coachella serão afirmadas – 6 de janeiro, uma quarta-feira;

3 – Mesmo com Duff e Slash a bordo, a banda – que também terá DIZZY REED, RICHARD FORTUS e FRANK FERRER – tocará “2 ou 3 faixas” do álbum de 2008 da marca, “Chinese Democracy”;

4 – Existe SIM um esforço do empresário Doc McGhee para que o SKID ROW – agora sem vocalista – reúna sua formação clássica com o vocalista SEBASTIAN BACH para abrir os 25 shows da turnê estadunidense que começa
em maio. Seria um modo de a banda celebrar os 25 anos de seu maior sucesso de crítica e público, “Slave To The Grind”

5 – Prepare-se para comprar uma caça…

Ratos de Porão: 'Crucificados Pelo Sistema' tem relançamento especial

O álbum de estreia do Ratos de Porão, Crucificados pelo Sistema, lançado originalmente em 1984, tem o relançamento previsto para Março deste ano nos formatos LP e CD.

A Hearts Bleed Blue (HBB), ao lado das gravadoras Läjä Records e Bruaki!, será responsável pela nova edição do clássico que, com a capa na cor preta, tem versão especial em vinil 180 gramas. O LP ainda vem acompanhado de um EP 7 polegadas inédito, com seis músicas, gravado ao vivo em 1983 no Napalm, lendária casa de show de São Paulo.

Já é possível encontrar o relançamento de Crucificados pelo Sistema em pré-venda, nos dois formatos, através do site da HBB Store. Na loja da gravadora também está à venda o documentário "30 Anos Crucificados Pelo Sistema", que conta a história da gravação do álbum de estreia do Ratos de Porão.

Peso Resistente: a discografia comentada do Motörhead

Poucas figuras encarnaram com tanta propriedade o espírito indômito do rock and roll quanto Ian “Lemmy” Kilmister. O líder, cantor e baixista do Motörhead, nascido no dia 24 de dezembro de 1945, em Londres, chegou a sete décadas de vida com a popularidade intacta, embora não se pudesse dizer o mesmo de sua saúde. Após lançar em 2015 o o disco Bad Magic, com o Motörhead, Lemmy morreu no dia 28 de dezembro, vítima de um câncer.

Foram 40 anos de Motörhead e uma vasta discografia cheia de ótimos álbuns que valem a pena ser revisitados. Há muitas outras boas canções além de “Ace of Spades” e “Overkill”, duas das mais conhecidas pelo grande público. Lemmy nunca gostou de rótulos – sempre falou que apenas tocava rock and roll –, só que os trabalhos clássicos mostrados aqui ajudaram a moldar algumas das mais importantes facetas do heavy metal moderno.

Overkill (1979)
O segundo disco do Motörhead trazia a formação mais feroz e conhecida da banda – além de Lemmy, também estavam “F…