Pular para o conteúdo principal

Bruce Dickinson já planeja novo álbum solo





A revista francesa HARD FORCE publicou uma longa entrevista com o vocalista do IRON MAIDEN, BRUCE DICKINSON em sua última edição, e o que segue abaixo são alguns trechos traduzidos da conversa.

Falando sobre se ele tem planos de trabalhar em um novo álbum solo, que seria o primeiro desde ‘Tyranny of Souls’, de 2005, ele disse: “If Eternity Should Fail”, a faixa de abertura [de ‘Book Of Souls’] seria a faixa-título de meu novo álbum. Eu tinha seis demos prontas, e Steve Harris as ouviu no verão passado. E ele disse, ‘Essa é uma bela de uma música. Podemos usá-la? Vai ser a primeira do CD’. E eu respondi, ‘Sim, OK’.

E ele já estava compondo, creio eu… ele já estava pensando em ‘Book of Souls’ como sendo o título, então ele me falou do lance com os Maias. E eu disse, ‘Sim, isso é legal. OK. Sim, eu entendo o que você quer dizer’. Mas no meu caso, aquela música fora composta como parte de uma história. Então o monólogo falado ao fim é o começo de uma história que segue pelo disco inteiro. E um dos personagens é o Dr. Necropolis, ele é o vilão. E o bom moço é o Professor Lázaro, ele traz as pessoas de volta dos mortos.

Então aquela é a apresentação de Necropolis, no monólogo. E eu perguntei a Steve… eu disse, ‘Olha só, beleza, eu entendo colocar a música… ‘ Porque ela abre com ‘Eis aqui a alma de um homem. ’ ‘Sim, eu entendi. Mas é o fim. ’ Eu falei, ‘As pessoas vão entender do que isso se trata? Porque isso não tem nada a ver com os Maias. Isso tema ver com… eu tinha bolado um disco conceitual que não acontece. ‘ [risos] E ele respondeu, ‘Não, não, não. Só fala de almas e tudo mais, e soa muito bom. ’ E eu concordei, ‘Okay’ [risos]. ”
Perguntado se ele já terminou de compor o material para seu próximo disco solo,

Dickinson respondeu: “Não um álbum inteiro. Na verdade, eu… uma ideia que eu tive… e eu não sei se vou pô-la em prática ainda… uma ideia que eu tive era que em novembro ou dezembro ou por aí, talvez sair e começar a compor um pouco e gravar umas demos, apenas para testar minha voz – sem estresse, sem riscos; apenas um experimento para ver como fica. Mas veremos. O que quero dizer é, não há modo, mesmo que eu tivesse um disco solo completo e terminado, pronto pra sair, que ele saísse ano que vem, e provavelmente não vai sair em 2017 tampouco. Então não há nada para se enervar a respeito. “
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grave Digger: Banda Gueppardo convidada para abertura em Porto Alegre

A banda Gueppardo foi anunciada como uma das atrações de abertura para o show de Porto Alegre da nova turnê mundial do lendário grupo alemão, Grave Digger. Os shows acontecem no dia 29 de março, no teatro do CIEE (D. Pedro II, 861).

Grave Digger é considerada, ao lado de Rage e Running Wild, uma das maiores bandas de Heavy Metal surgidas na Alemanha, e uma das mais importantes do mundo. Com mais de 35 anos na estrada e 18 álbuns de estúdio lançados, essa é a décima passagem dos alemães pelo Brasil, que promovem o seu novo disco, “Healedby Metal”, lançado em janeiro de 2017.

Gueppardo é uma banda de Hard n’ Heavy de Porto Alegre (RS), formada em 2007. Possui no currículo shows em todo Brasil e também na Argentina, ao lado de nomes de peso, como Steve Grimmett's Grim Reaper e Blaze Bayley (Iron Maiden). Lançou em 2015, o álbum “Fronteira Final”, considerado como um dos melhores lançamentos do estilo no ano. Recentemente a banda disponibilizou em seu canal no youtube, o videoclipe ofi…

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave Mustaine

Guns N’ Roses: Surge primeira foto de W. Axl Rose em 18 meses

Agora já com uma volta de parte do núcleo que fez do GUNS N’ ROSES a maior banda do mundo no fim dos anos 80 e começo dos anos 90 99,999% confirmada, podemos afirmar com a mesma proporção de certeza QUE:

1 – O grupo será SIM headliner do Coachella em abril próximo;

2 – A banda fará uma apresentação ao vivo no programa televisivo JIMMY KIMMEL LIVE! no mesmo dia em que as atrações do Coachella serão afirmadas – 6 de janeiro, uma quarta-feira;

3 – Mesmo com Duff e Slash a bordo, a banda – que também terá DIZZY REED, RICHARD FORTUS e FRANK FERRER – tocará “2 ou 3 faixas” do álbum de 2008 da marca, “Chinese Democracy”;

4 – Existe SIM um esforço do empresário Doc McGhee para que o SKID ROW – agora sem vocalista – reúna sua formação clássica com o vocalista SEBASTIAN BACH para abrir os 25 shows da turnê estadunidense que começa
em maio. Seria um modo de a banda celebrar os 25 anos de seu maior sucesso de crítica e público, “Slave To The Grind”

5 – Prepare-se para comprar uma caça…